Tarde de cinema terapêutico eleva autoestima de pacientes do Crer

 24 de July de 2017

 

O auditório do Centro de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer) se transformou em cinema na tarde da última quinta-feira, dia 20, com sessão terapêutica voltada aos pacientes internados em processo de reabilitação. O público estava bem à vontade, alguns sentados nas cadeiras, outros fazendo registro de selfie, e alguns deitados nos colchonetes, ansiosos para a sessão começar. O cheiro de pipoca anunciava a chegada de um bom filme, “Patch Adams: o amor é contagioso,” o médico americano é famoso por adotar uma metodologia de trabalho voltada para a humanização da medicina. O filme escolhido pelos profissionais de psicologia e terapia ocupacional trouxe uma mensagem de otimismo e solidariedade, elevando a autoestima dos pacientes. A ideia do cinema terapêutico partiu da equipe multiprofissional do Crer e foi bem recebida pelo público que elogiou a ação.

“Gostamos bastante da mensagem que o filme transmite. A frase: trace uma meta e lute por ela, nos fez refletir. A gente fica muito tempo fechado em um ambiente hospitalar, essa iniciativa veio em uma boa hora. Estamos ansiosos para as próximas sessões”, relatou Ornete Soares, de 59 anos, que está internado no Crer há um mês em processo de reabilitação devido uma mielopatia, inflamação na medula. O paciente assistiu ao filme acompanhado de sua esposa, Cândida Sousa.

Vítima de um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico, a cirurgiã dentista aposentada, Maria de Fátima Vieira, de 63 anos, está internada no Crer em processo de reabilitação. O esposo da paciente, José Antônio Reis, conta que eles estavam em viagem de férias no exterior quando a esposa sofreu o AVC. “Após os primeiros atendimentos médicos no País em que estávamos ela foi encaminhada para cá. O Crer é referência em reabilitação, é reconhecido até fora do País”, destacou.

A cirurgiã dentista aposentada está internada no hospital há 26 dias e se recupera bem. “ Estamos felizes com a melhora dela, está respondendo bem às terapias. A equipe é muito bem preparada e se preocupa com o bem-estar do paciente. A tarde de cinema terapêutico é a prova disso. Nós gostamos muito da atividade”, contou José Antônio. Ao perguntar para Maria de Fátima se ela tinha gostado do filme, balançou a cabeça, dizendo sim e logo abriu o sorriso.

O supervisor multiprofissional de reabilitação da internação do CRer, Eduardo Martins Carneiro, explica que a ação tem o propósito terapêutico voltado para a humanização. “Além de amenizar as rotinas de um ambiente hospitalar, quando a gente assiste a um filme, é estimulado a parte cognitiva do cérebro, o raciocínio, a lógica e o planejamento. A equipe multiprofissional avaliou os pacientes que tinham condições clínicas de assistir ao filme, para que eles tivessem maior aproveitamento com a ação. Os pacientes ficam mais motivados, e consequentemente obtém maior adesão ao tratamento”.

A ação cinema terapêutico no Crer vai acontecer quinzenalmente, nas quintas-feiras.

Comunicação Crer

Top Videos
Publicidade

Blog ShowNews

Copyright © 2017

Todos os direitos reservados.